Cores Litúrgica

Cores Litúrgicas: o que são? Você já percebeu que as cores litúrgicas variam, ou seja, as cores que o padre veste nas Missas, nos Batizados ou nas Confissões mudam? E que, em algumas igrejas, as cores das cortinas dos sacrários também mudam de cor? Por que isto acontece? É para ficar mais colorido ou mais bonito? ou é porque o padre gosta mais de verde do que de vermelho, por exemplo?
cores_liturgicas









Casulas (acima) - usadas em Missas onde se celebra alguma Solenidade ou Festa Litúrgica ou quando se quer solenizar alguma Missa em especialcores_liturgicas_estolas                                     






 Estolas (acima) - colocadas sobre as túnicas. São usadas nas Missas diárias, nas Missas onde não existe a celebração de qualquer Solenidade específica, mesmo que seja um Domingo.

Na verdade, as diferentes cores das vestes litúrgicas têm o objetivo de manifestar exteriormente os mistérios que estão sendo celebrado pela Igreja naquele determinado dia. Além do mais, visa alertar o povo de Deus para a consciência de que a vida cristã não é algo imóvel e que ela progride com o desenrolar do ano litúrgico.

No início da Igreja havia uma certa preferência pelo branco. Estas cores foram fixadas em Roma no século XII.

BRANCO 
ou
DOURADO

 Usado na Páscoa, no Natal, nas Festas do Senhor, nas Festas de Nossa Senhora e dos Santos,  exceto dos mártires. Simboliza alegria, ressurreição, vitória, pureza e alegria

VERMELHO

Lembra o fogo do Espírito Santo. Por isso é a cor de Pentecostes. Lembra também o sangue. É a cor dos mártires e da sexta-feira da Paixão.

VERDE

É usado nos domingos do Tempo Comum e nos dias da semana do Tempo Comum (o Tempo Comum é constituído por todos os dias do ano que não estão incluídos no Advento (antes do Natal) ou na Quaresma (antes da Páscoa). O verde simboliza o crescimento e a esperança.

ROXO

Usado no Advento e na Quaresma. É símbolo da penitência e da serenidade. Também pode ser usado nas missas dos defuntos e na confissão.

PRETO

 Era sinal de tristeza e luto. Foi abolida da liturgia (esta cor era usada antes do Concílio Vaticano II, no início da década de 60) e substituída pelo roxo

ROSA

O rosa pode ser usado no 3º domingo do Advento (Domingo Gaudete ou Domingo da Alegria) e 4º domingo da Quaresma (Domingo Laetare ou Domingo da Alegria). O ROSA é uma cor intermediária entre o ROXO do Advento ou da Quaresma e o BRANCO do Natal ou da Páscoa, para simboizar as alegrias que já se aproximam.

Era sinal de tristeza e luto. Foi abolida da liturgia (esta cor era usada antes

 

 © Copyright 2009 - Paróquia São José Operário - Av. Buritís Qd. 603 Lt. 23 - Recanto das Emas-DF - Telefone: (61) 3404-1579 
    Todos os direitos reservado

 

  Site Map